• Ornithos Escola



    bannerobsvirtual

    Câmera ao vivo mostra um alimentador para aves da Mata Atlântica

    LIVE CAM

  • Grupo no Face

    facelogo1

    Ornithos Escola no Facebook
  • Quem está Online

    3 visitantes online agora
    2 visitantes, 1 bots, 0 membros

» Ilustração Científica

  Ilustração é toda imagem, desenho ou foto, que serve para ilustrar algo, normalmente um texto, de forma a facilitar a sua compreensão. A ilustração científica é a componente visual da divulgação das Ciências e em particular, da divulgação dos elementos que compõem a biodiversidade.

  À primeira vista parece ter o enfoque na riqueza e precisão da informação visual, porém não é sinônimo de ilustração hiper-realista, pois é também ilustração científica o desenho das espirais do DNA, ou um esquema dos ciclos vitais da natureza ou de uma rede alimentar.

ilustplants  Ainda que na maioria das publicações utilizem ilustrações descritivas, ao se estudar os comportamentos animais, por exemplo, as ilustrações narrativas são também científicas. Elas são encontradas principalmente em livros e revistas de ciência. Mas pode ser encontradas até estampadas em rótulos de alguns produtos da farmacopeia ou em material didático.

  Na história da ilustração, considera-se que a ilustração científica teve o seu início a partir do Renascimento (séc. XVI e XVII), pois até a Idade Média eram copiadas sucessivamente e por isso perdiam sua credibilidade e rigor. Além do mais, apenas com o surgimento da imprensa, da invenção do microscópio e do desenvolvimento das Ciências, ditas modernas, surgiram as condições ideais para a divulgação científica se fazer também por imagens.

  Muitos dos ilustradores que trabalham nessa área tendem a se especializar em um dos ramos da Ciência, já que as técnicas utilizadas exigem rigor técnico e um bom conhecimento científico do que precisa ser ilustrado.”

Fonte: Wikipedia

 

  A ilustração científica de espécies da avifauna são requisitadas com uma frequência cada vez maior devido ao crescimento da prática da observação de aves e a consequente publicação de novos e mais completos guias de campo.

Autores - John A. Gwinne, Robert S. Ridgely, Guy Tudor e Martha ArgelAutor - Ber van Perlo

  No Brasil, um número crescente de ilustradores vem se dedicando em desenhar as mais belas pranchas de aves brasileiras, com riquíssima precisão de detalhes.

   Um dos mais renomados é Eduardo Brettas, artista plástico que vem trabalhando há 18 anos na ilustração das aves da América do Sul e América Central.

  Suas ilustrações hoje enriquecem diversas obras importantes sobre a nossa fauna como “AS AVES EM SANTA CATARINA”, “OS MAMÍFEROS DE SANTA CATARINA” e outras, além de inúmeras ilustrações em muitas revistas, artigos especiais, teses, diversos encartes e coleções de aquarelas.

 

  No Paraná, mais especificamente no município de Morretes, sede do Ornithos Escola, dois ilustradores se destacam:

 

Sarika – Isaurina Maria Valério

oncasarika

Sarika nasceu em Natal – RN em 1960. Estudou no Projeto da Galeria Mirtillo Trombini, onde fez o Curso de Ilustração Botânica, orientada pela Professora Diana Carneiro. Atualmente trabalha com Ilustração Botânica e Zoológica, sendo integrante do Grupo de Ilustração Botânica do Paraná.

Desenvolve seu trabalho nas mais aprimoradas técnicas da aquarela sobre papel e do óleo sobre tela, que requerem muitas horas de empenho. Leva-se no mínimo de três a quatro semanas para concluir uma pintura com alto grau de detalhamento.

 

Daniel Conrade

indiotiedaniel

 

Daniel Conrade, nascido em Dezembro de 1983. Teve como Mãe acolhedora, a riqueza natural de Morretes – PR. Iniciou na arte e ilustração científica em Setembro de 1999, na Galeria de Arte Mirtillo Trombini (Instituto Mirtillo Trombini) em Morretes, tendo como sua professora a artista plástica e ilustradora científica Isaurina Maria Valério, onde aprende diversas técnicas. Hoje, fortemente ligado à Natureza tem como foco principal em seu trabalho, temas da Floresta Atlântica e temas indígenas.

 

  Na galeria abaixo podemos ver em etapas uma Ilustração de Eduardo Brettas.

  Com grande aplicação na educação ambiental — a partir dos elementos visuais que tornam acessíveis e compreensíveis os resultados da ciência —os trabalhos realizados pelos ilustradores afirmam o dever à preservação da vida.

  Busca-se sensibilizar e incentivar a população brasileira ao acesso aos bens culturais produzidos no (e sobre o) País, pelo olhar da ilustração científica a partir dos registros iconográficos faunísticos e florísticos que traduzem, em imagens, a biodiversidade ao nosso redor e da qual depende a nossa existência.

Counters

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites